CARÊNCIA

Carência
1. falta de algo necessário; privação.
2. necessidade afetiva.
(Fonte: Google)

Acredito que 10 em cada 10 pessoas são carentes em alguma área da sua vida!

Podemos derivar a carência em duas nuances, quais sejam: você pode senti-la em um determinando momento, muitas vezes improvável, ou este sentimento pode ser algo constante em sua vida,  como a carência de atenção do seu cônjuge, pais, irmãos ou até dos filhos.

Sentir carência é diferente de ser carente. Isso é uma constatação.

Há milhares de pessoas no mundo que são carentes no sentido de pobreza social, há outros bilhões de “serumaninhos” que são carentes de atenção e afeto, ou seja, pobres de amor, e há aqueles que a sentem mas não lhe dão o poder de domínio.

E eu quero te dizer que estar carente em determinada área da sua vida não te faz menor, nem fraco, só deflagra a sua condição humana mesmo, pois a palavra diz que a nossa carne é fraca e de fato é.

Não existem super homens imbatíveis ou imunes a qualquer sentimento de baixa estima, mas podemos amadurecer compreendendo que é um momento e que este vai passar como qualquer outro.

A questão é: como lidar com esse momento? como controlar os nossos impulsos quando estamos assim?

A resposta mais óbvia é que não existe fórmula secreta, mas cada um precisa se conhecer melhor e identificar os seus pontos fracos e os fortes, assim, será menos desastroso passar por determinadas fases.

No meu caso, muitas vezes eu consigo identificar determinado sintoma oriundo da carência que muitas vezes é oriunda dos hormônios mesmo, e com certeza passa, então eu procuro não me punir todas as vezes que estou assim. Digo punir porque a gente não costuma admitir fraqueza nem pra nós mesmos, e nos cobramos uma autoimunidade emocional que é impossível.

O problema é quando a pessoa não sabe lidar com essa fase e procura inúmeras formas de supri-la, isso é um PERIGO, pois vemos muitos desastres emocionais, sociais e familiares por conta da carência. E esse assunto é bem complexo e extensivo que eu vou deixar pro um próximo post.

Por enquanto a dica que eu te dou é: “diga o fraco: Eu sou forte” (Joel 3.10), pois a sua força não vem de si mesmo mas do Senhor.

Não dê a carência domínio algum. Você pode estar mas não é carente! Porque o Senhor supre todas as suas necessidades, identifique seus momentos baixos e aprenda a lidar com suas emoções, combata a sua mente e vença a si mesmo.

Assim, a única forma de se fortalecer é no Senhor: “Por isso digo: vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne. Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam”. Gálatas 5:16,17

Eu oro para que o Senhor te dê plena capacidade de ser mais forte que a sua carência!

Em nome de Jesus.

Fica na paz!

Por Lela Santos

 

 

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s