Quando a dor quer te fazer parar!

Há situações da nossa vida que nos deixam com sérias sequelas emocionais. Por mais que queiramos não dar tanta importância, a tristeza, lembranças de dor, sensações de angústia e aflição, nos impedem de voltar a erguer-se novamente. O pessimismo passa a ser tão constante quanto as diversas vezes que você se pega chorando.

“Aah, até parece que esses problemas não vão acabar nunca! Até onde tudo isso vai parar? Tenho vontade de jogar tudo pra cima, desistir de tentar ser feliz… Desistir de ao menos estar feliz por um longo período de tempo até que algo de ruim aconteça de novo.”

“Eu não dou certo pra nada. Meu futuro será vergonhoso. Meu salário nunca vai melhorar. Já me decepcionei demais, não confio em ninguém. Nunca vou conseguir ser mãe. Eu nunca vou conquistar aquele sonho de consumo. Minha família? Rum, desisti deles faz tempo!”

Acaba que se nos permitirmos permanecer dessa forma, vamos literalmente parar no tempo. Afinal, viver assim é deixar os dias se passarem, sem buscar algo que nos faça feliz. Não confia mais em ninguém, não se ama, o dia a dia de trabalho ou estudo é feito de qualquer forma, nada mais é valorizado.

Mas hoje, eu quero te lembrar de alguém que você conhece bem, e que também já temeu o amanhã… O Max Lucado (em seu livro Seu nome é Jesus) se refere a Jesus, imaginando como deve ter sido seus últimos instantes no lugar que cresceu, viveu, aprendeu tanto… nos lembrando que Ele também já foi tão humano quanto eu e você…Deu uma olhada na carpintaria. Pegou o martelo. Bateu na madeira já bastante desgastada do cavalete. Viera para dizer adeus. Chegara o momento de partir.

Assim, veio sentir pela última vez o cheiro da serragem e da madeira. A vida era calma ali. A vida era tão… segura…. Naquele chão empoeirado ele brincou e engatinhou enquanto seu pai trabalhava. Fico pensando se ele hesitou. Se seu coração estava partido. Se segurou algum prego nas mãos, antevendo a dor que sentiria. Fico pensando se Ele quis ficar. “Poderia fazer um bom trabalho aqui em Nazaré. Estabelecer-me nesta cidade. Ter uma família. Ser um líder da comunidade.”

E, se tivesse optado por ficar, quem saberia? Quem o culparia? Mas o coração não o deixaria fazer isso. Se houve alguma hesitação da parte de sua humanidade, ela foi vencida pela compaixão de sua divindade.

E sua divindade viu os rostos. Alguns franzidos. Alguns chorosos. Alguns obscurecidos pelo medo. Alguns sinceros em sua busca. Do rosto de adão à face da criança que nasceu em algum lugar do mundo enquanto você lia essas palavras, ele viu a todos.

E você pode estar certo de uma coisa. Dentre as vozes que ecoaram naquela carpintaria em Nazaré, estava a sua voz. Suas orações silenciosas, feitas num travesseiro molhado de lágrimas, foram ouvidas antes mesmo de serem feitas. Suas

dúvidas mais profundas sobre morte e eternidade.

Ele partiu por sua causa. Não desiste não, deixa Deus te curar, arrancar essas mágoas, retira essa dor com a

presença do Espírito Santo, nosso consolador. Se permite brotar sentimentos de perseverança e fé, crê tão somente, vai dar certo sim. Deus vai fazer acontecer. Basta você confiar, e se posicionar em obediência! Eu quero lutar por não desistir jamais, e vê as promessas do Senhor se cumprir em minha vida. Posso crer que você também foi encorajado?

Assim como Davi disse a Salomão, eu te falo hoje… “Seja forte e corajoso! Mãos ao trabalho! Não tenha medo, nem desanime, pois Deus, o Senhor, o meu Deus, está com você. Ele não o deixará nem o abandonará até que se termine toda a construção do templo do Senhor. I Crônicas 28:20

Toda vez que pensar em desistir, lembra que Ele não desistiu de você…

Não para não!

Por Lais Barros. 

Anúncios

Um pensamento sobre “Quando a dor quer te fazer parar!

  1. Lindo texto! Parabéns Laís, quanta sabedoria. Fui muito edificada! Que o Senhor continue te trazendo palavras tão fortes e abençoadas. Seja cada vez mais usada e ousada por e em Deus!!!! Bjus flor! Amo vc.

    Curtir

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s