Não há tempo para ressentimentos!

perdc3a3o

Por muitas vezes parei para observar a capacidade de AMAR que as crianças têm. Tenho um exemplo bem próximo, minha irmã de três anos e minha prima da mesma idade, sempre que se encontram acabam brigando, mas SEMPRE, no mesmo instante fazem as pazes. Que incrível disposição para PERDOAR!

Com o passar do tempo comecei a me questionar: Por que na mesma medida em que vamos crescendo perdemos essa capacidade e essa disposição? Por que nos tornamos tão intolerantes com os erros do próximo? Será que estamos amando o PRÓXIMO como a si mesmos (Gl 5:14)?

Daí você pode perguntar AMOR e PERDÃO andam juntos? Sim, sem dúvidas! Sem amor não há perdão e vice-versa, eles devem andar lado a lado. Com isso gostaria de trazer para vocês alguns princípios:

  1. O perdão é uma decisão. Ou seja, somos nós que decidimos perdoar.
  2. Não há limites para o perdão. Ainda que a pessoa tenha pecado repetidamente contra você, independente da gravidade, você deve perdoá-la. Lembra-se do 70X7 (Mt 18: 20-21)? Jesus estava limitando quantas vezes se deve perdoar ao dizer que devemos perdoar 70X7? Não. Ele queria justamente mostrar que não há limites para o perdão. Já imaginou perdoar 490 vezes a mesma pessoa em um mesmo dia? É necessário frisar que isso não é concordar ou acobertar o erro, ore e deixe o Espírito Santo agir nele.
  3. Para perdoar é necessário amar. “O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.” (1Co 13: 7) Você ama seu próximo? O seu amor por ele deve ser maior que os erros que ele comete.
  4. O seu perdão aos outros é um pré-requisito para você receber o perdão de Deus (Mt 6: 14-15). Se Deus, em sua majestade e glória, é capaz de nos perdoar todos os dias e lançar todos os nossos pecados no mar do esquecimento, por que não podemos perdoar o nosso irmão?
  5. O perdão é um ato de obediência a Deus e ao perdoar você permite que Ele trabalhe em sua vida. Obediência gera bênção, se permita ser trabalhado por Deus.

Quando entregamos nossa vida a Cristo e o conhecemos, entendemos que não temos tempo para perder com ressentimentos. Há muito a se fazer! É tempo de AMAR com o mesmo AMOR que recebemos d’Ele, é tempo de PERDOAR como fomos perdoados por Ele, é tempo de fazer a DIFERENÇA vivendo para Ele.

Decida perdoar hoje!

Deus te abençoe!

Por: Joyci Móta

Anúncios

Um pensamento sobre “Não há tempo para ressentimentos!

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s